Projeto Ideiaz tem como meta atender mais de 1.000 startups em 2021. Ao todo, serão investidos mais de R$ 40 milhões em quatro anos.  Chamada para ambientes de inovação está aberta de 09 a 28 de fevereiro

Realizado pela Anprotec, o Sebrae e a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competividade (SEPEC) do Ministério da Economia, o Programa Ideiaz – powered by InovAtiva – tem o objetivo de apoiar a estruturação e o desenvolvimento de projetos inovadores e empreendimentos de impacto socioambiental, em estágio inicial, a partir da conexão com mecanismos de geração de empreendimentos de todas as regiões do país.

Em sua primeira etapa, a iniciativa visa a mobilização, seleção e qualificação de incubadoras e aceleradoras para que recebam e apoiem esses projetos. O período de inscrição da chamada para formação de cadastro de ambientes de inovação credenciados se inicia hoje, 9/2, e segue aberto até o dia 28 de fevereiro.

Serão selecionadas até 15 entidades para compor o cadastro referente à primeira chamada para atendimento de projetos inovadores. Todas irão receber uma qualificação virtual de 40 horas oferecida pela Anprotec e o valor de até R$ 3.000,00 por projeto inovador atendido relativo aos serviços prestados, sem a necessidade de aporte de contrapartidas financeiras ou econômicas.

Cada incubadora ou aceleradora selecionada deve atender no mínimo dez e no máximo 20 projetos inovadores encaminhados pelo Programa. O atendimento nesta primeira chamada acontece de forma virtual em um período de dez semanas. Ao final do processo, os empreendimentos apoiados devem apresentar os resultados conforme estabelecido no edital.

“O programa Ideiaz se faz valer da infraestrutura, do conhecimento e da experiência das incubadoras e aceleradoras do Brasil para apoiar o desenvolvimento e a consolidação de centenas de negócios inovadores em seu estágio inicial. É um programa nacional de grande escala que vai atender a todas as regiões do país”, afirma o presidente da Anprotec, Francisco Saboya Albuquerque Neto.

O processo de seleção será conduzido por um comitê que irá avaliar a proposta e o plano de atendimento submetidos. Cada entidade gestora pode submeter apenas uma proposta. Portanto, caso possua mais de uma incubadora ou aceleradora, é preciso escolher um ambiente para representar a instituição.

“Por meio da operacionalização deste programa, seremos capazes de levar inovação e capacitação a diferentes ecossistemas brasileiros. Um trabalho que será possível por meio da ativação de uma rede de parceiros locais, com o fomento da geração de empresas inovadoras, de empregos e de conhecimento”, afirma o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Dentre os requisitos, serão avaliados pontos como:

  • Infraestrutura: ter plataforma e ferramentas tecnológicas para interação e apoio aos empreendedores no ambiente virtual;
  • Equipe: com dedicação exclusiva à gestão da incubadora ou aceleradora;
  • Operação: estar em operação há pelo menos três anos. Considera-se como início da operação a data de assinatura do primeiro contrato de incubação/aceleração ou apoio a empreendimento;
  • Experiência: ter concluído pelo menos um ciclo de incubação ou aceleração. Ter pelo menos cinco empreendimentos graduados ou acelerados. As organizações que apoiarão empreendimentos de impacto socioambiental devem ter pelo menos quatro graduados ou acelerados com esse foco.

Pelo menos um terço das vagas será destinado às incubadoras e aceleradoras localizadas nas Regiões Norte, Nordeste e Centro-oeste. E 20% das vagas serão reservadas para os mecanismos que desejam atuar na linha de projetos de impacto socioambiental.

Powered by InovAtiva

“Estamos ampliando a capacidade de atendimento para levar as ferramentas e os serviços do InovAtiva Brasil para empreendedores de todo o país. Temos como meta atender 15 mil startups brasileiras nos próximos anos”, explica o Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa.

O Ideiaz é o primeiro projeto a receber o apoio metodológico do InovAtiva Brasil. Até o final do ano outros pilotos também serão lançados. “A ideia é que a metodologia possa ser replicada localmente em diversos ecossistemas brasileiros de inovação. O ‘powered by InovAtiva’ funcionará como uma franquia, proporcionando guias metodológicos, conceitos, marca e todo um know-how para que os estados e municípios brasileiros possam desenvolver programas, eventos, capacitações e outras iniciativas de apoio à inovação e ao empreendedorismo inovador”, acrescenta Costa.

CRONOGRAMA

Lançamento da Chamada: 09 de fevereiro

Período de inscrição: 09 a 28 de fevereiro

Avaliação das propostas: 01 a 10 de março

Divulgação do resultado: 11 de março

Qualificação das incubadoras e aceleradoras: 15 a 26 de março

Formalização dos contratos entre os ambientes e os projetos selecionados: 29 de março a 02 de abril

Início do processo de atendimento: 05 de abril

As dúvidas devem ser encaminhadas por e-mail: ideiaz@anprotec.org.br

SAIBA MAIS E INSCREVA-SE

 

 

Fonte: Anprotec

Deixe um Comentário